ORBEL I Km 27 +500m (REBIO) – Parte IX: Ponte Treliçada

ORBEL I Km 27 +500m (REBIO) - Parte IX: Ponte Treliçada

Obra de recuperação e reconstrução (troca) de trecho danificado do oleoduto ORBEL I, realizada dentro e no entorno da Reserva Biológica Federal do Tinguá (ICMBIO – REBIO Tinguá), no município de Nova Iguaçu, distrito de Tinguá, Rio de Janeiro, entre novembro de 2009 e meados de 2014. Essa foi a…

Obra de recuperação e reconstrução (troca) de trecho danificado do oleoduto ORBEL I, realizada dentro e no entorno da Reserva Biológica Federal do Tinguá (ICMBIO – REBIO Tinguá), no município de Nova Iguaçu, distrito de Tinguá, Rio de Janeiro, entre novembro de 2009 e meados de 2014.

Essa foi a maior obra conduzida pela Pollydutos no Rio de Janeiro, durante o Contrato de REHAB da Região Sudeste, entre 2009 e 2014, com participação de todos os funcionários da filial do Rio de Janeiro da Pollydutos e foi um marco na história da empresa.

Essa parte refere-se aos serviços de montagem e soldagem dos módulos da ponte treliçada para transpasse do oleoduto ORBEL I sobre a cachoeira, na altura do km 27 +500m, no local da obra, dentro da REBIO Tinguá, realizada pela Pollydutos e outras empresas em consórcio.

EMPRESAS ENVOLVIDAS:
* TRANSPETRO – Contratante e fiscal da obra
* VIENA ENGENHARIA – Projeto da ponte treliçada.
* BRUANC – Construção e montagem da ponte treliçada.
* MILLS – Instalação e manutenção de andaimes.
* HP ENGENHARIA – Projeto dos apoios para os andaimes.
* POLLYDUTOS – Coordenação do projeto do ORBEL I.